Café literário deste ano traz as mulheres como tema

O Café Literário, evento tradicional do curso de Letras, iniciou no dia 9 e trouxe como tema “A mulher nas artes, da coadjuvância ao protagonismo”. O primeiro dia trouxe a apresentação do projeto da egressa Joici dos Santos Pereira que concorre ao Prêmio RBS de Educação, com o nome: “Da leitura da palavra à leitura do mundo: uma viagem pela ficção”.

Após ocorreu uma Roda de conversa sobre Literatura, com participação de autoras do Litoral, sendo elas Ulda Melo, Juliana Goularte e a professora e escritora Gleice Santos.

Na terça-feira, dia 10, o público foi recebido no auditório Felipe Tiago Gomes, com música ao vivo da Profª Giselli Frufrek. Os vencedores do concurso de poesias de Tramandaí, alunos da Escola Municipal General Luiz Dentice, abriram o evento recitando as poesias vencedoras.

Após a peça “Essas Mulheres”, do grupo teatral ‘Melhor Não’1 prendeu o público numa história de feminismo e violência doméstica. Após o intervalo, ocorreu mesa-redonda “MULHERES QUE FAZEM” com Giselle Frufrek, Kathlen Oliveira, Bella Mezeck e Andréia Hernandez, que discutiram e, torno do tema da peça teatral.

A última noite foi reservada para a apresentação de produções televisivas feitas pelos acadêmicos do curso de Letras. Além disto, foi organizado uma homenagem a professores Terezinha Marques, citada pela coordenadora do curso, Profª Priscilla Ferreira, como "inspiração na escolha da profissão".

A Profª Naura Martins também foi homenageada pelos acadêmicos, com um vídeo que reuniu depoimentos de professores, alunos e ex-alunos do curso de letras.

DSC_2854[1]

DSC_2847[1]

DSC_2871[1]

DSC_2873[1]

DSC_2906[1]

DSC_2917[1]